Mudei de cidade, e agora? Dicas de como "se virar" longe da casa dos pais

Sair de casa pode ser complicado. Você provavelmente vai descobrir que algumas rotinas diárias não acontecem por acaso e que você deve valorizar muito mais a pessoa responsável pelas tarefas domésticas. O que era básico, vira uma missão. Para te ajudar, listamos 5 dicas de como conviver bem com essa nova realidade, confira:

1. Organize as suas finanças. O dinheiro vindo dos seus pais ou do seu trabalho, é importante ter consciência dos seus gastos. Você não pode ter mais contas a pagar do que dinheiro na conta. Se tem uma coisa que você vai entender é de boleto! Para te ajudar nessa tarefa, existem aplicativos para isso, como o Mobills e o Guiabolso, por exemplo.

2. Aprenda a cozinhar. É importante saber o básico para emergências. Mesmo que você prefira comer fora, saber cozinhar é um grande trunfo pra quem mora sozinho. Não acabe com a sua saúde vivendo a base de comidas processadas e congeladas. Tem vários canais no YouTube que podem (vão) te ajudar na cozinha. Canais como o Ana Maria Brogui, Pegado Vegano (para veganos) e Menos de 20 (receitas práticas e de baixo custo), tem muitas receitas super legais!

3. Mantenha uma rotina de limpeza. Se você não sabia, aí vai uma novidade: a sua casa não se limpará sozinha! Você vai precisar cuidar disso ou pagar alguém que faça essa tarefa. Mantenha tudo o mais organizado possível, assim você não terá muito trabalho nos dias da faxina.

4. Crie uma rotina de estudos. Parece clichê, mas é melhor estudar em pequenas doses ao longo do semestre do que deixar tudo para a véspera das provas. Morando sozinho você é o único responsável pelos seus estudos, então se organize e crie uma rotina!

5. Atenção com as festas. O período universitário é lembrado por muitos pelas festas e baladas, mas é importante ter equilíbrio, principalmente quando o assunto for festas na sua casa. Não deixe sua vida acadêmica em segundo plano. Aproveite o período da faculdade com responsabilidade e consciência!

E aí, as dicas ajudaram ou não?