Da comissão ao baile: escolhendo a empresa de formatura

Agora que você já sabe como formar a comissão da sua formatura e o papel de cada integrante, chegou a hora de escolher a empresa que vai transformar todo esse sonho em realidade.

 

O que você deve saber antes de escolher a empresa

Geralmente, a empresa de formatura entra em contato com as turmas de 2 a 3 anos antes da conclusão do curso. O responsável por essa conversa inicial é o captador, que nada mais é do que um funcionário da empresa que visita as faculdades para conhecer as turmas e agendar uma reunião para apresentar os portfólios. 

 

Mas sua turma pode iniciar as pesquisas já no primeiro ano, procurando por empresas que já realizaram formaturas na faculdade e comparando com outras encontradas em sites e redes sociais. Nessa etapa é importante avaliar a qualidade dos serviços prestados e do atendimento, a credibilidade e experiência da empresa, a inovação e os fornecedores, e claro, o preço. Esses são pontos essenciais que farão com que a formatura tenha a cara da sua turma e seja uma noite inesquecível. 

 

Quanto estiverem com uma boa quantidade de empresas selecionadas é só agendar uma reunião, mas esteja preparado para ela e tenha em mãos as seguintes informações:

 

  • Número de alunos interessados;
  • Possível local do evento;
  • Histórico da turma;
  • Valor e itens do evento;
  • Quantidade de integrantes da comissão;
  • Formas de pagamento.

Uma dica importante é solicitar as documentações da empresa e sempre manter contato presencial com os funcionários e fornecedores, isso ajuda a evitar que a turma caia em algum golpe. 

 

Escolhi a empresa, e agora?

Empresa escolhida, hora de assinar o contrato, calma lá que não é tão rápido assim. O período entre o momento da escolha até o fechamento do contrato leva cerca de 3 a 12 meses. Neste tempo a comissão, junto com a turma, deve analisar as propostas, definir os detalhes que vão compor a festa, como buffet, DJ, local, data e valor, além de solucionar todas as dúvidas. Além de optar ou não por um plano de arrecadação de recursos extras para a formatura, como a realização de festas, rifas e pré-eventos.

Todos os detalhes devem ser pensados de acordo com o tamanho da turma, a situação financeira da turma e com o apoio da empresa. O contrato só deve ser assinado depois que todas as questões forem esclarecidas e aderidas pela turma e comissão.

Ficou com alguma dúvida ou quer saber mais? Baixe nosso guia de como organizar a formatura dos sonhos. Boa sorte e boa formatura!